24 fevereiro 2011

Declaração de amor ao Rio de Janeiro


Achei essa poesia escrita em forma de música pela Djanira  Luz belíssima. Uma linda forma de declarar amor a cidade maravilhosa...

"Eu amo o Rio de Janeiro. Sim, eu amo o Rio! O Rio do cartão postal, das praias maravilhosas, da simpatia carioca, do Cristo Redentor de braços abertos abençoando além da cidade, o Brasil inteiro. O Rio do Pão de Açúcar, das Escolas de Samba, do Maracanã, das torcidas animadas de futebol, do samba do Cartola, de Copacabana, a Princezinha do mar, enfim, o Rio de tanta gente bamba, de muita gente boa... Ah, o Rio 2016 das Olimpíadas!

E me dirão: “-Ah, mas o Rio é violento demais!”

 E eu responderei com meu sorriso fácil carioca de ser:

- Toda grande metrópole enfrenta esse problema de violência urbana. Isso não é “privilégio” do meu Rio... Pior é o que acontece lá numa pacata cidadezinha pelo interior do nosso Brasil amado, onde o patrão encomenda a morte de alguém que reprove seus atos, muitas vezes, o preço pago pela vida é o valor de uma mera cerveja. Lugares assim onde a vida humana não vale nada, é descartada por uma quantia irrisória... Então, não me fale da violência da minha cidade grande, veja além do irascível, olhe o que de bom e belo ela pode oferecer.

Eu amo o Rio pelo lado das pessoas honestas, de boa vontade que aqui vivem. Amo pela beleza natural admirada e invejada pelo mundo inteiro.

Amo o Rio onde nasci e cresci. Onde aprendi a ser digna, ética, educada, provando que o Rio de Janeiro não é cidade só de bandido e gente malandra, mas sim de gente malandra de esperta, alegre que leva a vida numa boa, que trabalha, luta corre atrás, enfrenta um leão por dia e mesmo assim não esquece o bom humor em casa, não sai para a rua sem o sorriso largo, sem dar bom dia ao vizinho, ao padeiro, ao jornaleiro e a quem cruza pelo seu caminho e não abandona nunca sua simpatia.

É dessa gente boa que falo e que conheci. Infelizmente quem não conhece o Rio de verdade, só conhece o Rio que os Jornais impressos ou televisivos querem vender. Um Rio sangrento, violento. Sim! Existe violência, mas o Rio de Janeiro não se resume a isso. É muito mais bonito do que se vê na tela da tevê, tem muito mais gente maravilhosa vivendo aqui do que se imagina.

Então, eu faço aqui minha declaração de amor ao Rio. Onde plantei e colhi meus sonhos, onde recebi os frutos que melhoram os meus dias, eles os cariocas da gema – meus filhos queridos! E eu nasci em janeiro, no Rio de Janeiro, por isso é meu                  

É por tudo isso e muito mais que trago aqui em mim que eu sempre amarei o Rio de Janeiro...o meu Rio!"



2 comentários:

  1. Ai Deus que lindo!!! "sorriso fácil carioca"
    Gente, nunca fui ao rio mas imagino como deve ser.

    ResponderExcluir
  2. Humm, muito bom o post. Realmente o Rio de uma coisa q não sei explicar, mas é maravilhoso mesmo, em breve voltarei lá... :D

    ResponderExcluir

PENSAMENTO SOLTO