22 fevereiro 2012

Celebrando o amor


"O segredo é não correr atrás das borboletas… é cuidar do jardim para que elas venham até você. No final das contas, você vai achar, não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você..!"

Essa poesia de Mario Quintana descreve exatamente a minha vida ao lado do meu namorado. Há dois anos, tinha ‘desencanado’ de encontrar a minha cara-metade e estava disposta a investir em algo novo na minha vida. Tinha solicitado uma vaga para estudar/trabalhar na Argentina. Queria fazer espanhol. Estava empolgadíssima com a ideia de viver fora do país por um tempo, quando numa dessas navegações noturnas ‘recebi’ um recado num site de relacionamentos (bendita as redes sociais) que mudou completamente o curso da minha vida. Conheci o Paulo Roberto, um carioca que de cara, me conquistou falando sobre Chopin (que eu amo) e claro, com seu sorriso encantador (que sou completamente apaixonada). Me rendi  àquele sentimento que estava nascendo e crescendo dia a dia, e hoje posso dizer que nunca me senti tão amada e feliz. 

Tivemos contratempos?! Sim! Divergências?! Muitas! E principalmente, muita torcida contra, mas não tinha jeito: essa estória já tinha dado certo porque o amor tinha nascido em nossos corações. Ah! E ainda tinha o fator distância. Moro em Brasília e ele no Rio, mas nem isso nos desanimou e estamos nessa ponte-aérea durante todo esse tempo, sonhando com o dia em que a única despedida que teremos será de nossas famílias, para seguirmos para nossa casa, que almejamos ter muito em breve. 

Hoje estamos completando dois anos de namoro, sonhando com o dia que subiremos ao altar e faremos os votos de fidelidade diante de Deus e os homens (o que já existe em nossos corações) e juntos caminharemos numa só direção. 

Paulo Roberto, te amo como nunca amei ninguém na minha vida e CREIO que logo essa distância irá encurtar e seremos felizes, bem mais felizes juntos, no nosso lar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TREND ALERT :: CALÇA CLOCHARD

Fotos: Reprodução Os 80's definitivamente está em alta. Vimos a volta do vinil (falei aqui e aqui ), dos cabelos cacheados (falei...