17 abril 2012

Um passeio por Ouro Preto


A informação na internet é tão veloz, que muitas vezes para deixarmos nosso espaçinho  atualizado (aka, o blog), vamos deixando 'passar batido', um ou outro assunto importante, para postar um de maior 'relevância'. E esse de hoje é um deles. Não sei por que cargas d'água não conclui esse post antes, mas enfim, antes tarde, que nunca, rs. Fui em dezembro pro Rio, mais precisamente pra casa do namô, e após quase dois meses por lá, voltei pra Brasília com o boy a tiracolo. Como ele estaria de férias, veio passar o carnaval na capital, mesmo sabendo como a cidade fica nesse período: morta/parada. 

Mas como viemos de carro, resolvemos esticar em Ouro Preto, cidade histórica de Minas Gerais. Eu já tinha ido uma vez na cidade, mas como o namô não conhecia, passamos em Tiradentes, Ouro Preto e Ouro Branco (nada a ver com o chocolate viu, gente, rs). Fizemos o roteiro em um dia, já que não tínhamos planos de ficar muito tempo na cidade. 

Ouro Preto é repleto de arte sacra dos séculos 18 e 19, então, não espere algo muito diferente de museus e igrejas. Então, para compensar a demora em falar sobre o assunto, eis que resolvi fazer um 'mini-guia' da cidade (sob a minha ótica, tá gente), com o que achei de mais interessante. Vamos lá??



QUANDO IR:
Apesar de ter ido na véspera do carnaval, a cidade não estava cheia, raridade, já que por ser uma cidade que vive do turismo, sempre tem eventos pra atrair o público, como em junho, que tem o Festival de Cinema (Produção de longas, curtas e vídeos nacionais. Ocorre durante cinco dias e tem ainda debates, oficinas e seminários GRÁTIS. Programação: www.universoproducao.com.br), em junho o Festival de Inverno (Com shows musicais, apresentações de teatro, exposições e oficinas de arte). 

Em setembro tem o Tudo é Jazz, (sempre no primeiro final de semana depois do feriado de 7 de setembro, com apresentações de bandas nacionais e internacionais. Programação: www.tudejazz.com.br), e em novembro, tem o Fórum da Letras. (Debates literário com escritores famosos. Há ainda nos bares e restaurantes da cidade, saraus, esquetes teatrais e exibições de filmes. Programação: www.forumdasletras.ufop.br). 

Anotou tudinho? Então já vai se programando, porque deixar pra cima da hora, é ter a certeza de não encontrar lugar para ficar, ou ainda, encontrar pousadas/hotéis com diárias bem salgadas, e isso, eu tenho certeza que não atrai ninguém. E outra coisa muito importante, use roupas e sapatos confortáveis, já que as ruas são íngrimes e você vai gastar muita sola de sapato pelas ruas (de pedra). Ah, e não esqueça o agasalho, o tempo varia muito, e lá quase sempre tá bem frio.

Ah, e outra dica importante é procurar guias credenciados ou mesmo levar mapinhas (como eu tenho de vários lugares). Não é mentira, você é abordado o tempo inteiro por guias turísticos, a maioria estudaantes que vêem nesse tipo de trabalho uma forma de ganhar dinheiro para bancar a faculdade. Super válido, mas vamos combinar que enche o saco a cada dez metros alguém te parar para oferecer o serviço né?!


ONDE FICAR:
Eu não sei vocês, mas quando viajo, procuro claro, conforto, mas não fico em hotéis caros, uma vez que é o local onde passo menos tempo. Afinal, viajo é pra conhecer a cidade e seus pontos turísticos, e não pra ficar enfiada dentro de hotel. Então, para descansar, eu sugiro o MIRANTE HOTEL (R. Pandiá Calógeras, 377 - Barra), onde nos hospedamos, e não temos do que reclamar, já que é um dos poucos na cidade com área de lazer.

O local é um charme, e tem uma vista panorâmica da cidade que vale muito a pena apreciar. Eu o definiria como um hotel três estrelas. Fica bem centrado, tem salão de jogos, piscina térmica, sauna e hidromassagem (que não perdi tempo, e usufrui a noite. Delicious!), fora o café da manhã, que dispensa apresentações. Recomendo.  



ONDE TOMAR UM CHOCOLATE QUENTE:
Dando um passeio na cidade, nos deparamos com a CASA DA PONTE. É um lugar pequeno, mas como tudo em Ouro Preto, tem seu charme. Fora que não dá pra sair dali sem um chocolate quente com chantilly e o autêntico pão-de-queijo. Bom demais viu!


NÃO DEIXE DE IR:
A pedra-sabão é uma das riquezas da cidade, clássico do artesanato local. Vale muito a pena levar um souvenir da FEIRA DO LARGO DE COIMBRA. Ah, e não deixe de levar pra casa, uma namoradeira (é a cara de Ouro Preto essas esculturas), se você é do tipo que curte artesanatos locais. Acho fofo colocá-las na janela (eu tenho uma, mas fica na estante).

Outro lugar que não fomos, mas conheci da primeira vez que fui e super recomendo, é a MINA DO CHICO REI (Rua Dom Silvério, 108). Vale o tour pela antiga mina (com guias explicando a história da mina, que foi desativada em 1888, local onde os escravos extraiam  ouro, sob condições precárias) e ainda uma pausa para almoçar no restaurante que fica na própria mina.

Sob o comando do Toninho (mais hospitaleiro, impossível), o local é aconchegante e a comida, a melhor da cidade. Eu garanto. Impossível comer aquele tutu de feijão e a leitoa a pururuca (pratos bem light, sabe, rs) e achar que existe algo melhor nessa vida. Vale muito a pena conferir, ou melhor, degustar!


E claro que não poderia faltar o 'luki do dia'. É raro por aqui, mas quando tenho a oportunidade, acho bacana mostrar. Ouro Preto é um lugar frio, mas como chegamos durante o dia (vindo do calor insuportável do Rio) e estava quente, optei pelo combo short (La Rossi), blusa sem mangas animal print (Evidenceh) e flat (Santa Lolla). 

O chapéu nem entro mais em detalhes, porque 'cismei' com o bichinho e não tiro mais da cabeça. Acho super charmoso e deu bossa nesse look simples, leve, mas não menos bonito e confortável. Prezo muito isso!




E ai, gostou da cidade?? Para conhecer mais sobre a cultura, passeios e ter acesso a lista de hotéis, pousadas, restaurantes e afins, acesse o portal de Ouro Preto, aqui.

 Fotos: Paulo Roberto Castilho (amor )

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COLEÇÃO LIMITED CRIS BARROS PRA INSPIRAR!

Fotos: Reprodução Sou apaixonada pelo trabalho da Cris Barros. Sempre inovando, sua coleção a cada estação é singular e inspirador...