24 maio 2013

DICA DO SOMMELIER: CHATEAU BELLE CROIX , UM FRANCES SEM CERIMÔNIAS!


Holla chicas y chicos! Bien?! Animados com o final de semana? Eu estou! Embora esteja chovendo e fazendo bastante frio no Rio, confesso que nem isso tira meu pique e humor (acreditem, é verdade!). Quem me conhece bem, sabe que não curto chuva, e sou muito friorenta, logo, no frio, sinto como se estivesse no polo norte (exagerada!): as mãos e pés não esquentam por nada, e sinto câimbras constantemente (veeira é foda, rs!), massssss, como eu disse, ando tão animada com tantas ideias e planos, que essa adrenalina tem me feito acordar mesmo no frio no maior pique. Ainda mais hoje, sexta-feira... E para um final de semana frio e chuvoso, tem coisa melhor que uma taça de um vinho de uma boa safra, e em ótima companhia? Eu não imagino, rs. E quem vai dizer qual a melhor opção é o nosso sommelier Luiz Augusto...

"Caros amigos (as) 

A França vinícola ainda precisa ser desbravada por uma grande parte dos brasileiros amantes do vinho. Das Grandes regiões vinícolas francesas, Champagne, Bordeaux, Borgonha, Cotes Du Rhone, Beaujolais, Vale do Loire, Provence e Languedoc, conhecemos muito pouco, e dos seus maravilhosos vinhos , então, quase nada. A França, é um país conhecido mundialmente como o “berço cultural do vinho”. 

Tem uma tradição de muitos séculos e é possuidora de incontáveis historias sobre o néctar de Baco. Trata-se do maior produtor dos melhores vinhos do Mundo! Champagne, Petrus, Romanèe Conti , Chateau Lafite e centenas de muitos outros. Seus vinhos são os mais respeitados, os de maiores expressão e também estão entre os mais caros do mundo. A cultura do vinho, data de Antes de Cristo. É uma terra famosa pelos seus castelos, seus grandes governantes, sua beleza natural, seus queijos e vinhos excepcionais.. 

A privilegiada e famosa região de Bordeaux, beneficiada pela excelente posição geográfica em que está situada, tem solos e clima perfeitos para o cultivo das vinhas. É a Terra da Cabernet Sauvignon, da uva Merlot, da Cabernet Franc e da Sauvignon Blanc. Produz os grandes Crus como Chateau Lafite, Chateau Latour, Chateau Margaux, Mouton, Haut Brion, vinhos amados e venerados por todo o planeta. Mas, há também nessa mesma França, os pequenos produtores, e são muitos, que elaboram vinhos de qualidade e tem preços muito interessantes que são os chamados Petits Chateaux 

O Vinho Chateau Belle Croix é um desses Petit Chateau, um Bordeaux Superieur, com 13% de álcool, com 60% de uva Merlot e 40% de uva Cabernet Sauvignon, castas autorizadas pela legislação francesa e com uma passagem em barril de carvalho por 6 meses. Produzido na região de Graves, em Bordeaux, por uma vinícola de pequeno porte ( Haut Calens ) cuja origem data do século XVII, porém foi totalmente renovada a partir de 1970. Trata-se de um vinho simples e fácil de beber, indicado para o dia a dia, por ter um bom custo x beneficio, tem uma cor rubi muito viva, nos remete olfativamente a aromas de frutas negras e vermelhas, algo trufado . Na boca se mostra pleno, com acidez bem balanceada e taninos macios, muito bem combinados com a madeira, com um final de boca pleno e agradável. 

Minha dica de hoje, é o vinho tinto Chateau Belle Croix, saboroso, macio e marcante no paladar. 

Harmoniza muito bem com queijos médios e estruturado, carnes vermelhas, cordeiro, risotos e massas com molho densos. 


Saúde e bons vinhos!"

Luiz Augusto Sommelier 
Consultoria - Cursos – Palestras – e-mail: laprj2@yahoo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TREND ALERT :: CALÇA CLOCHARD

Fotos: Reprodução Os 80's definitivamente está em alta. Vimos a volta do vinil (falei aqui e aqui ), dos cabelos cacheados (falei...