27 maio 2013

WELNESS & FITNESS: ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

Eu sei, eu sei, que essa tag anda 'abandonada', mas vamos lá gente, dão um desconto, vai. Estou buscando manter um padrão de postagens nesse espaço, e principalmente a freqüência, mas confesso que estou 'me perdendo' em meio a tanta coisa que estou fazendo (e procurando fazer) ao mesmo tempo. Enfim, deixando as desculpas esfarrapadas de lado, se me comprometi a cada quinze dias falar de saúde e bem estar, é disso que vou falar. E para retomar, que tal falarmos de alimentação saudável? Sei que o assunto parece batido, principalmente com tantos projetos no instagram falando a exaustão sobre saúde, fitness e afins, mas procurar entender e se alimentar bem, nunca é demais, não é verdade? Pra começar, o que vocês entendem por alimentação saudável? No wikipedia a definição é seguinte:
Em suma, a alimentação saudável envolve a escolha de alimentos não somente para manter o peso ideal, mas também para garantir uma saúde plena. Numa era onde a cultura do corpo perfeito é quase um culto, e a dieta detox virou a regra número um, buscar ajuda de um profissional especializado em nutrição, para indicar a dieta específica para cada indivíduo, é mais que importante, é fundamental. As dietas são rotinas alimentares que buscam atingir um determinado objetivo, e nem sempre vão ao encontro de conceito de alimentação saudável. Complementação ou implementação de vitaminas podem ser necessárias para que uma dieta seja realmente saudável, segundo estudos e consensos de especialistas.

Quando se fala em alimentação saudável, tem que ter em mente a seguinte composição: proteínas, carboidratos, gorduras, fibras, cálcio (sem esquecer os demais minerais), e ainda vitaminas. Vale lembrar que os cereais, assim como as carnes, verduras, legumes e frutas, não são excludentes, pelo contrário, são fundamentais para uma dieta rica e equilibrada, que cumprem um papel importantíssimo na formação corporal do ser humano. 


Ah, Luzia, eu já sei de tudo isso! Ok, todo mundo sabe, mas nem todos se preocupam realmente em comer bem, balancear os alimentos, cortar aquilo que não faz bem ao organismo, pelo contrário, assim como eu (confesso!) estou sempre com um pacote de pipoca ou me estou me jogando num combo sanduíche x fritas x refrigerante, muita gente não abre mão de enlatados e/ou frituras. Resultado: metabolismo lento, má digestão, má formação óssea, cabelos enfraquecidos, dentes e unhas tanto quanto... aghhhhhh, e mais uma série de situações adversas, que se estivéssemos abrindo mão de tanta 'porcaria' (boa, admito), e comendo corretamente, certamente, não estaríamos tendo esses 'dissabores'. 

Mas nem tudo está perdido. Sempre é tempo de começar a olhar com mais cuidado para aquilo que estamos consumindo diariamente, não é verdade? E quer incentivo maior para se alimentar bem e de forma mais consciente que vendo essas hastag de saúde nas redes sociais? Vai dizer que não fica com vontade de jogar todos os enlatados da dispensa no lixo e correr para a frutaria mais perto de casa, para abarrotar a geladeira somente de alimentos saudáveis? E comprar um tênis e uma roupa de malhar bem transada, e sair correndo pela ciclovia, academia.... ? Pelo sim, pelo não eu estou empenhadíssima a mudar meus hábitos 'pra ontem', porque você é o que você come. Fica a dica! 

P.S.: Me deparei esses dias com esse vídeo, e não tive como não compartilhar. É para ter uma ideia de como seria o reino animal, se eles se alimentassem de fast food. Vale a pena apertar o play:



Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PENSAMENTO SOLTO