24 junho 2013

VAMOS A LUTA???


Oiiiiiiiii!!! Sei que já falei mais de uma vez que voltaria com essa tag, primeiro toda segunda, depois quinzenalmente e mais uma vez ela foi 'deixada' de lado. Mas como tenho procurado cumprir minha palavra, PROMETO levar essa tag a sério, assim como a retomada às atividades físicas e consequentemente, ao corpo que sempre tive: firme e forte. Sei que muitas, assim como eu, prometem que vão malhar, se exercitar de alguma forma, mas sempre arrumam desculpas, ou deixam para a próxima segunda, mas agora chega né?! Estamos na metade do ano, logo, logo, dezembro bate a nossa porta com o verão na bagagem e ai? Vamos ficar lamentando, cobrando de nós mesmas que poderíamos ter corrido atrás do prejuízo a tempo? Não né?! Agora chega de desculpas esfarrapadas e vamos fazer aquilo que deveríamos fazer diariamente, não somente pela estética (como muitas procuram), mas principalmente, pela saúde: se exercitar. 

Seu barato é academia? Musculação, pilates, jump, bike, não importa, alguma atividade você vai se encaixar e gostar de fazer com frequência. Não gosta de academia? Então vá correr, caminhar na praia, andar de bicicleta no calçadão, enfim, o que não faltam são meios para mexer o esqueleto. Eu, como sabem, sou formada em Educação Física, e embora esteja sedentária e meia (que vergonha Dona Luzia!), amo malhar numa academia. Pra mim é prazeroso me exercitar até a exaustão,  e em seguida tomar aquele banho gelado. Nada mais revigorante pra mim, e que estou sentindo muuuuito a falta dessa sensação. 


E falando em academia, tenho percebido que uma atividade típica dos homens, que tem caído no gosto da mulherada (e confesso que estou bastante 'tentada' a fazer): a luta. Boxe, MMA e Muay Thai caíram no gosto da ala feminina, que tem lotado as academias em busca de um corpo definido, já que a atividade queima muitas calorias, trazendo resultados rápidos e visíveis. Embora seja uma atividade que exija muita força física, que resulte em partes do corpo roxeadas, a ideia não é lutar, se machucar, tão pouco, ferir a adversária. A proposta aqui é perder peso, definir, e porque não, conquistar mais saúde. 

BOXE
Em uma aula de boxe, em que você corre e pula corda para aquecer, salta e movimenta braços e tronco, gasta perto de 800 calorias. Aqui você malha braços, ombros, costas e abdômen além de panturrilhas, já que no treino você salta na ponta dos pés enquanto se esquiva dos golpes do adversário. Exige bastante agilidade e reflexo. Mas um dos pontos altos da aula são as vantagens para a região da barriga. Além de trabalhar muito o abdômen, o boxe ajuda a afinar a cintura, já que esse tipo de luta faz com que a barriga fique contraída o tempo todo. Correndo pro boxe em 3...2...1, rs.

MUAY THAI
Conhecido também como boxe tailandês, desenvolve coordenação motora, concentração e agilidade, e modela membros inferiores e superiores, pois trabalha socos, chutes altos e baixos e joelhadas. A aula de Muay Thai é bastante agitada, pois o aquecimento envolve polichinelos, corda e saltos, o que por si só já garante um bom gasto calórico. É uma atividade que fortalece principalmente as pernas e glúteos, já que o foco são os chutes – dados com a perna esticada e a ponta do pé -, além da parte central do tronco e abdômen, que são exigidos por assumirem a função de estabilizar os membros. Braços e ombros também recebem atenção, e consequentemente, fortalecimento, já que os socos e cotoveladas fazem parte do treino.


MMA(abreviação da sigla em inglês para Artes Marciais Mistas) 
A modalidade já foi chamada de vale-tudo e é uma mistura de técnicas e golpes de diversas lutas (boxe, muay thai, caratê e judô, entre outras).O combate acontece dentro do octógono, que nada mais é do que um ringue com oito lados. Em uma aula, você malha o corpo todo, mas não pode ter medo de cair no chão, tá? Por agrupar tantas práticas, o MMA inclui movimentos no chão, chutes no ar, derrubada do adversário, trabalho de equilíbrio e isometria (segurar o adversário no chão),promovendo diversos benefícios ao corpo. Os resultados serão fortalecimento, agilidade, equilíbrio, flexibilidade e gordurinhas exterminadas. O gasto calórico dessa aula pode chegar a 1200 calorias por aula.

E ai animaram?? Sei que muita gente não curte dar/levar porrada, mas se você olhar o resultado dessas aulas, tenho certeza que irá correndo se matricular na academia mais próxima, rs. Como falei (e torno a repetir), aqui o que realmente importa é você encontrar a atividade que lhe dê prazer em levantar cedo (ou sair do trabalho direto para a aula), sem perder o ritmo... o foco. E vamos a luta, porque como digo sempre: "máquina parada, enferruja!"

Foto: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COLEÇÃO LIMITED CRIS BARROS PRA INSPIRAR!

Fotos: Reprodução Sou apaixonada pelo trabalho da Cris Barros. Sempre inovando, sua coleção a cada estação é singular e inspirador...