08 abril 2014

CRÔNICA: VIAJAR É MUDAR A ROUPA DA ALMA!


Tô sumida, eu sei. E peço mil desculpas por isso. Blogueira que se preza, consegue trabalhar, viajar e ainda deixar seu blog atualizado, masss, digo que sou uma exceção a regra. Não que eu me orgulhe disso, pelo contrário, sei que preciso aprender administrar tudo o que me proponho a fazer, principalmente em relação a esse espaço que tenho tanto carinho e apego. Estou fazendo promessas de mudanças há tempos, e nada sai do papel, então esse mês resolvi me lançar... em TUDO! 

Tive coragem de pedir demissão de um emprego onde trabalhei por um bom tempo e não ganhava mal, mas não me sentia mais feliz naquilo que fazia, para tocar um projeto que ensaio há anos. Fiz uma viagem de uma semana para Cartagena com meu noivo, sem condições ~ de imediato ~, mas acredito que quando você quer muito alguma coisa, TUDO CONTRIBUI para que aquilo se realize. De um algum jeito, se realiza. E se realizou. Da melhor maneira possível. E posso dizer que foi uma das melhores semanas da minha vida (não canso de ver as fotos)!

Decidi que não vou mais ficar adiando nada na minha vida, até porque 'ela' tem pressa. E eu passei a ter também. A vida é efêmera. Não temos certeza do amanhã. HOJE é o que temos, é se não corremos atrás do que almejamos, não declaramos os sentimentos a quem de direito o merece, não perdoamos (ou pedimos perdão), e ainda, se não aproveitamos da melhor forma possível o precioso tempo que temos, amanhã pode não dar tempo de fazer, declarar, desculpar, enfim, de viver. 

Voltei de Cartagena completamente transformada. Estou com sede de mudança. Borbulhante!! Principalmente nesse espaço. Sinto que estagnei e o blog tanto quanto. Sei que podemos ir além. E vamos. Pode apostar! Quem quiser pagar pra ver, é só não desgrudar os olhos desse humilde blog que vos apresento diariamente.

Ok, ok, tem duas semanas que o blog está parado, mas vou recompensar com belas fotos e dicas de Cartagena. Pode ser? Tô desculpada, rs? 

Então vem comigo, que coisa boa vem por ai.

Beijos,

Luzia Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PENSAMENTO SOLTO