21 maio 2014

CRÔNICA: "QUANDO ABRIMOS NOSSOS COMPUTADORES É NOSSAS PORTAS QUE FECHAMOS"

“(…) essa mídia que chamamos de social é qualquer coisa, mas quando abrimos os nossos computadores é nossas portas que fechamos”

Antes de começar esse post, gostaria de fazer duas perguntas a você, querido(a) leitor(a): "Você faz um bom uso das redes sociais? Quanto tempo você gasta em frente ao computador, ou com o celular nas mãos?" O uso consciente das redes sociais (e até mesmo da internet) é um assunto ainda pouco discutido, mas que eu acredito ter um impacto direto na vida das pessoas. Por exemplo, já parou pra pensar que os grupos no Facebook ou no WhatsApp podem estar diminuindo que você se encontre com seus amigos fisicamente? Foram com esses questionamentos, que Gary Turk criou o vídeo "Look up".

No começo você acha que é só mais aquele blá blá blá de que devemos ficar menos tempo 'vidrados' no computador e/ou celular e dar mais valor as pessoas que estão ao nosso lado, masss, depois dos primeiros dois minutos, vai batendo aquele desconforto, e sim, você começa a pensar que tem que ficar menos tempo 'vidrado' no computador e/ou celular e dar mais valor as pessoas que estão ao seu lado.

Chata essa conversa toda né, mas já parou pra pensar no quanto as relações estão se tornando frias e superficiais, simplesmente, porque você não conseguimos desgrudar do aparelho eletrônico, para curtir um jantar a dois, ou mesmo com um grupo de amigas? Você já se deu conta que você pode estar passando mais tempo fotografando o prato que pediu num restaurante, do que degustando-o realmente? Já parou pra pensar que você pode estar mais preocupada com o selfie ~ e a quantidade de curtidas, os comentários... ~, facebook, whatsapp, instagram e o que está acontecendo no mundo vitual, do que dando importância para a pessoa que está do seu lado, lhe fazendo companhia?

Eu mesmo percebi que estava dando importância demais ao eletrônicos que me reportavam para o mundo virtual, depois de perdê-los e ficar 'completamente sem rumo'. Sim, perdi meu celular e câmera fotográfica durante a semana que fiquei em Brasília, e isso mexeu tanto comigo, que voltei morrendo de saudades do meu noivo, mas não consegui demonstrar isso, pelo simples fato, de estar preocupada demais, sofrendo demais com a falta dos meus meios de comunicação com o 'mundo virtual'. Conseguiram entender a dimensão disso tudo? "As vezes é preciso perder, para ganhar!"Pare e faça suas próprias reflexões!

E se depois de tudo o que falei, você ainda não se convenceu que está na hora de desconectar pelo ao menos enquanto enstiver na companhia do namorado/marido ou amigos,  então aperte o play:



Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CREME REJUVENESCEDOR TELO STRUCTURE AGE REVERSE DA ANNA PEGOVA

Foto: Divulgação Quem me conhece sabe que vivo antenada sobre produtos para tratamento e rejuvenescimento da pele. Não abro mão desse...