07 março 2015

E PARA TERMINAR BEM A SEMANA: SETLIST ESPECIAL RIO DE JANEIRO

O Rio de Janeiro completou 450 anos no domingo, 01 de março, e nem preciso dizer que a cidade maravilhosa está em festa não? Sim, porque as comemorações não terminaram no final de semana. Todo dia, é dia de comemorar essa 'senhora' tão cheia de charme. Para embalar, separei dez músicas que acho A CARA do Rio. Claro que tem muito mais músicas que homenageiam a cidade, mas essas, eu acho quase impossível alguém nunca ter se pegado cantarolando. Vamos ouvir?

Rio 40º - Fernanda Abreu
Composta por Fausto Fawcett, Carlos Laufer e Fernanda Abreu, a música foi gravada pela cantora no disco "Sla 2 be sample", de 1992. A canção, no ritmo do chamado “batidão” do funk carioca, se tornou uma espécie de hino moderno da cidade, fazendo referência às altas temperaturas registradas no Rio. Na música, o Rio é chamado de “cidade maravilha, purgatório da beleza e do caos”.


Aquele abraço - Gilberto Gil
Foi gravada em 1969, no disco que leva o nome de Gil. Segundo Nelson Motta, os versos de “Aquele abraço” foram escritos logo após o cantor deixar a prisão em Realengo, na Zona Oeste do Rio, em plena Quarta-Feira de Cinzas daquele ano, quando a cidade ainda estava enfeitada para o carnaval. Em seu site oficial, Gil explica o uso da expressão “aquele abraço”: "Era assim que os soldados me saudavam no quartel, com a expressão usada no programa do Lilico, humorista em voga na época, que tinha esse bordão. Ele até ficou aborrecido com a música, achou que deveria ter direito à canção. Mas eu aprendi a saudação com os soldados. Eu não tinha televisão na prisão, evidentemente, mas eles assistiam ao programa. Eu só vi depois, quando saí”, explicou.


Solteiro no Rio de Janeiro
A balada foi lançada em 1998, integrando a trilha sonora do filme “Como ser solteiro”, uma comedida dirigida por Rosane Svartman. A música reforça a fama dos cariocas de solteiros e destaca clima de “azaração” na cidade.


Garota de Ipanema
Composta em 1962, a canção, segundo a editora do grupo Universal, é a segunda mais executada no mundo, ficando atrás apenas de “Yesterday”, dos Beatles. “Garota de Ipanema” se tornou uma das referências internacionais, quando se fala do Rio. Em 2012, a música, inspirada em Helô Pinheiro, completou 50 anos, mas continua na moda. No ano passado, foi executada na série “Mad Men” e em campanhas publicitárias nos Estados Unidos. A canção está ainda em uma das cenas de “Duro de Matar – Um bom dia para morrer”, que estreou em fevereiro nas telas de cinema brasileiras.


Cariocas - Adriana Calcanhoto
A música que destaca as características do povo foi lançada no álbum "A fábrica do poema", de 1997. Nascida em Porto Alegre (RS), Adriana Calcanhoto revelou que a composição não foi planejada e veio de um impulso de inspiração.


Xote de Copacabana – Jackson do Pandeiro
O xote de Jackson do Pandeiro é 1954, mas foi só em 2014 no extinto programa "Tapas e Beijos" que conheci e não parei de cantar, sempre que vinha ao Rio e voltava pra Brasília, onde morava até então."Eu vou voltar, eu não aguento, o Rio de Janeiro, não me sai do pensamento..."


Do Leme ao Pontal – Tim Maia
A canção escrita pelo próprio Tim foi lançada em 1986 no disco que levava o nome do cantor e se tornou um dos maiores sucessos da década de 80. A música — que virou um hit — retrata as belezas da orla carioca, do Leme até o Pontal. 


Cidade Maravilhosa
É uma marchinha composta por André Filho e arranjada por Silva Sobreira para o Carnaval de 1935. Esse adjetivo para a cidade do Rio de Janeiro foi dado pelo escritor maranhense Coelho Neto como uma homenagem às suas belezas naturais.


Mulher carioca - Preta Gil
“Mulher carioca da pele morena / Swing na veia, não tem bobeira”. Parece Fernanda Abreu, mas é a filha de Gilberto Gil, que entrou na trilha sonora da novela “Avenida Brasil”, da Rede Globo.



Endereço dos bailes - MCs Júnior e Leonardo
A dupla de MCs Júnior e Leonardo entrou para a história do movimento funk carioca ao ser a primeira do estilo a gravar um CD por uma grande gravadora em 1995. E foi neste álbum que os moradores da Rocinha, na Zona Sul, lançaram a música “Endereço dos bailes”, um dos maiores hits da dupla. Ao som do “batidão”, os MCs começam exaltando o Rio de Janeiro. Em seguida, Júnior e Leonardo convidam a todos para uma viagem pelos melhores bailes funk da cidade. O desafio é decorar cada um deles.



OGlobo/ Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E PRA TERMINAR BEM A SEMANA...

Ando numa fase de desligar todo e qualquer aparelho, para me conectar comigo mesma. As vezes é bom fazer esse detox de redes sociais. Bom p...