04 maio 2015

MUDAR OU SÓ MEXER COM A MOLDURA?!


Talvez poucos saibam, mas criei o blog (inicialmente chamado de 'Consciente de la Mode') há quase cinco anos. Sim, pesquiso e escrevo 'mecanicamente' há exatos 54 meses (quatro anos e seis meses. Confere?!). E sempre o fiz por puro prazer em escrever, em mostrar o 'meu olhar' sobre a moda, a beleza e o que mais chamasse a minha atenção, sem me preocupar com a audiência, lucro e afins. Apenas escrever... escrever... escrever?!. Mas, de repente, olhei pro blog, e passei a não reconhecê-lo, a não ver o real sentido daquilo. Sim, eu disse repetidamente que criei para escrever, já que tive diários a vida inteira (primeiro diário/agenda, depois os virtuais), e tinham ótimos textos (sim, eu tinha bastante feedback das pessoas que acompanhavam/liam). 

Mas se a ideia era escrever... cadê? Pouco escrevo de verdade, apenas uma breve e curta informação sobre as imagens apresentadas. O layout é o mesmo há meses, e a tentativa frustrada de mudá-lo recentemente, me deixou um pouco triste, para não dizer desmotivada a seguir com esse espaço. Não bastasse ter demorado a reagir (e recomeçar. Ou começar de novo) depois de ter saído do meu antigo trabalho, para me jogar no meu sonho, e vê-lo naufragar antes mesmo de decolar, vi a empolgação que tinha em escrever diariamente no blog, 'acabar', depois do laptop ter me deixado na mão (o computador tinha que pifar justo agora?!) quando mais precisava.

Ai os projetos de mudança, de parcerias e a ideia de transformar o hobby num trabalho lucrativo (sim, se blog dá retorno financeiro, porque seguir escrevendo por escrever?) tinham voltado para a gaveta. Pelo ao menos até me reencontrar, olhar diferente para a moda e tudo o que me movia. Queria pensar fora da caixinha sabe?! Olhar para o meu espaço e tantos outros que acompanho de um modo diferente. Via tudo igual. Tudo repetido. Nada inovador. E isso desmotivava. E por tudo isso, me vi pensando em parar. Dar um fim nessa sangria de querer chegar a algum lugar com o blog.

Sempre fui uma pessoa aberta a mudanças, ao novo, aos riscos. Sabe aquelas pessoas que se jogam na piscina antes mesmo de ver se ela está cheia, e com isso ser capaz de dar umas boas braçadas? Ou se está vazia, e com isso quebrar a cara? Pois é, não pensava muito, apenas me lançava. Mas não sei exatamente quando ou a partir de que momento, fui ficando medrosa (ou seria cautelosa?), pensando demais, analisando demais, e consequentemente, demorando demais para decidir qualquer coisa. 

Talvez se não estivesse olhando tanto pro jardim do outro, com sua grama tão verde, não estaria tão estagnada. Pois é, deveria ter focado no que poderia fazer para mudar, sacolezar ou apenas melhorar, mass... Cinco anos? Juro que imaginava que o blog iria mais além. Mas não foi. E me perguntei se era por ali que eu deveria continuar a andar, se deveria realmente insistir, mudar, mexer com a moldura, sabe. E admito, não cheguei a nenhuma conclusão.

O projeto pro blog (e off-blog), por algum tempo, tirou meu sono. Juro que andava inquieta, as vezes irritada, por não conseguir focar e seguir por aquele caminho. Cada dia uma ideia nova, tanto pra esse espaço ~ que tenho tanto apego e carinho ~, quanto para o sonho que tinha em ter um negócio próprio, que aquilo me consumia, mais do que o foco em direcionar e realizar. Por mais que por algum momento pensasse em desistir, não queria abrir mão daquilo que tinha conquistado, daquilo que fazia por amor. Muita coisa boa rolou, não posso negar. E ainda vai rolar, tenho fé!

Depois de repensar sobre o caminho a seguir com tudo o que almejo, sinto que estou vendo a luz no fim do túnel. Mais do que não desanimar, eu não posso perder o FOCO! Enfim, o projeto está ganhando forma, e o blog caminha, ainda que a passos lentos para um novo rumo. Vou dormir com o coração cheio de esperanças. Amanhã é um novo dia. Tudo pode acontecer. Assim espero!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E PRA TERMINAR BEM A SEMANA...

Ando numa fase de desligar todo e qualquer aparelho, para me conectar comigo mesma. As vezes é bom fazer esse detox de redes sociais. Bom p...