06 setembro 2017

HELEN MIRREN NA CAPA E RECHEIO DA ALLURE

Fonte: Fashionismo

Numa era onde a busca pela eterna juventude através de procedimentos estéticos são cada vez mais comuns, se deparar com a capa da Allure de setembro – a principal edição do ano – trazendo Helen Mirren vem pra quebrar paradigmas, afinal, quantas mulheres no auge dos seus 72 anos, estampam uma capa de revista com suas rugas e histórias? Assim como a capa, o recheio está igualmente lindo.


Helen fala da sua relação com Hollywood, feminismo e como é envelhecer sabendo tirar proveito disso. Há ainda, um manifesto sobre o fim do termo anti-idade. O manifesto te leva a pensar como uma revista de beleza vai deixar de falar uma palavra tão comum, e ainda, como vão parar de dar dicas de produto anti envelhecimento, muitos deles bancados por patrocinadores. Mas a revista não tem a intenção de falar para as pessoas deixarem de usar produtos com essa finalidade, pelo contrário, eles vão continuar indicando, falando, só sugerindo a mudança da nomenclatura. Ai sim!


“Queiramos, ou não, estamos sutilmente reforçando a mensagem de que o envelhecimento é uma condição e que precisamos lutar contra ele”. Se tem algo inevitável nessa vida, é que ficaremos velhos. Cada segundo. Cada minuto. E mais, muitos de nós não teremos a oportunidade de envelhecer. Com isso, ficar velho é algo incrível e significa que tivemos a chance, todo o dia, de viver uma vida feliz, simples assim.", é o que diz Michelle Lee, editora da Allure.


E a revista segue falando sobre o peso da tal da ANTI-IDADE, junto a ela vem expressões que deveriam ser banidas ou, ao menos, revistas: “ela parece ótima para a idade que tem”, “ela é linda para uma senhora de idade”. Isso é tão automático, quem nunca pensou ou até mesmo falou algo parecido?

Infelizmente falamos naturalmente o que na verdade deveria ser banido, já que não passa de pre(conceitos) estabelecidos e que não fazemos questão de mudar. Deveríamos, mas temos visto diariamente nas redes sociais que estamos longe de evoluirmos no quesito "respeito as diferenças" seja de idade, cor, credo...


E a Allure finaliza, “Parabéns às marcas que já refletiram sobre o termo, e quem ainda não o fez, sabemos o quão é difícil rever embalagens e o marketing de todo um produto, mas essa conversa precisava ser iniciada para haver a mudança e celebração da beleza de cada idade”. E a própria Helen conta que já teve essa conversa com a L’Oréal (marca na que ela é uma das embaixadoras)e eles já estão em processo de rever esse conceito. Matéria que emociona e inspira!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COLEÇÃO LIMITED CRIS BARROS PRA INSPIRAR!

Fotos: Reprodução Sou apaixonada pelo trabalho da Cris Barros. Sempre inovando, sua coleção a cada estação é singular e inspirador...